Buenos Aires tem seu próprio bus

Percebimos os diferentes ritmos dos bairros céntricos seguindo sua forma de vida diária.
Ao chegar à cidade de Buenos Aires, queríamos aproveitar nossa estância no máximo. Perguntávamos-nos: ¿Onde começar?

Descobrimos um ônibus de excursão, muito colorido e sem teto, no que poderíamos conhecer os pontos emblemáticos da cidade com um diagrama de paradas pre-fixadas. Abordamos, colocamos os auriculares e nossa cámara de fotos começou a trabalhar em 360º no ziguezagueio do tránsito de uma cidade de impactante edificação.

Com ajuda dos comentários em off, conhecimos alguns prédios públicos ligados a fatos históricos que deixaram sua impressão. Assim, a Casa de Govermo em Plaza de Mayo, o Congreso da nação com a sua magnífica estrutura edilícia tipo italiana passaram frente aos nossos olhos e obturador.
  • Cidade portenha

    Cidade portenha

  • Sua forma de vida diária

    Sua forma de vida diária

  • Um tránsito intenso

    Um tránsito intenso

  • Plaza de Mayo

    Plaza de Mayo

  • La Boca

    La Boca

  • Lá longe recortava-se o obelisco

    Lá longe recortava-se o obelisco

  • Impactante edificação

    Impactante edificação

Admiramos Corrientes, a avenida que jamais durme. Com os seus teatros, cinemas e pizzarias, é conhecida pelas livrarias “de velhos”, onde respira-se uma atmosfera fascinante.

Cidade portenha do meu único querer

Lá longe recortava-se o obelisco, emblemático monumeto que emergia com seus 67 metros de altura no cruzamento com a avenida 9 de Julio. No méio de um tránsito intenso, começamos a conhecer o jeito de ser dos seus habitantes.

Deixamos a zona céntrica e transitamos pela conhecida avenida 9 de Julio, a mais larga do mundo e com impactantes cartazes publicitários pela noite.

A transfrmação oferecida pelo alto-falante foi excelênte, muito ampla e acompanhada pela imágem respectiva numa tela. Cada parada foi anunçada com antecedência e, como fundo musical, tango instrumental moderno.

A modo de jogo, mudamos os auriculares aos diferentes idiomas oferecidos que, além de servir de intérprete aos turistas estrangeiros, permitiram-nos descobrir quanto lembravamos das aulas de idiomas recebidas durante anos na escola.

Silvia, a guía, diz: “Dirigimos-nos para os bairros mais antigos da zona sul, reconheceremos velhas igrejas de grande valor arquitetónico-cultural e conheceremos parte dos orígenes dessa fascinante cidade”.

Sul

Passando pelo bairro de San Telmo, ouvimos que os domingos na praça Dorrego instala-se uma interessante féria de antiguidades junto a espectáculos de tango ao ar livre. Casais de bailarinos oferecem seus “firuletes” acompanhados por músicos muito jóvens.

Silvia mencionou detalhes da história do tango, música popular de orígem arrabaldeiro que foi provocando interesse entre os jóvens mais aristocráticos lá por 1920. Depois, vimos o Palais de Glace, salão de dança da época.

Quando os alto-falantes anunciaram La Boca, um murmúrio entre os viajantes demonstrou o interesse por conhecer o bairro. Suas ruas em desnível guardam vestígios dos primeiros genoveses chegados ao país.
Eles deram o toque alegre, musical que mostra em pizzarias e cantinas com mesas na rua, com paredes pintadas de mil cores. Distinguimos, de longe, o conhecido estádio de futebol “La Bombonera”.

Chegamos a Caminito, rua de pedestres e calçada. Concentra os mais antigos bordeis, com suas varandas de ferro com profussão de vasos e quartos com superfícies mínimas, onde antes moravam famílias inteiras.

A surda sirene de um barco distante

A seguir, Puerto Madero. Da velha zona portuária ficaram em pé diques e velhos guindastes. Na década de 1990, as barracas viraram prédios de escritórios e universidades.
Uma tradicional fragata contrasta com os modernos e elegantes restaurantes de cozinha internacional. Vários passageiros desceram e uniram-se aos portenhos que costuman almoçar aí.
Depois, fomos para a zona norte da cidade. A Avenida del Libertador conduziu-nos às ruas labirínticas de Palermo Chico, onde tem sua sede várias embaixadas de excelênte desenho e fantásticos jardins.
A partir daí, o pulmão verde da cidade foi fazendo sua aparição. Nos bosques de Palermo, grande quantidade de pessoas de qualquer idade faziam exercícios físicos no ar livre.
Resolvimos descer e observar de perto seus jardins e vários monumentos que as diferentes coletividades deram de presente à cidade. O Jardin japones e o Monumenos aos espanholes são prova de isso.
A pé, percorrimos cada recanto para relaxar-nos e fazer imágens fotográficas. Na parada pre-fixada, pegamos o ônibus e voltamos para a zona céntrica. Transitamos pela avenida Figueroa Alcorta até o bairro de Recoleta.
Apareceu ante os nossos olhos o prestigioso Teatro Colón que, com seu estilo do renacimento italiano, ocupa um quarteirão completo e merece uma visita particular.

Era um dia da semana e conseguimos observar o tránsito intenso e grande quantidade de pessoas se-movimentando de um lugar a outro. As conhecidas pombas da Plaza de Mayo e os clásicos “cafés ao passar” formam a imagem que retivemos do centro da grande urbe.

De criança olhava de fora

Entre os antigos restaurantes e cafés tradicionais destaca-se o Café Tortoni, lugar da boêmia e intelectualidade portenha de metade do 1800 até o presente.
No nosso primeiro percorrido por Buenos Aires, pudemos comparar o jeito de viver dos portenhos num mesmo horário em diferentes zonas da cidade. Sua essência também ficou plasmada na nossa cámara de fotos.

Posteriormente visitaríamos o que consideramos mais atraente mais lentamente.

Informações: Centro Informação Turística de Diagonal Norte com Florida ou em cada uma das paradas.
Leia passeio completo...Mónica Pons / Eduardo Epifanio

Dados úteis

Horário: Horários e paradas fixas com sistema Hop On Hop Off.

Tipo de tour: Contemplativo

A considerar: Bilhete pago com validade dentro das 24 hóras de expedido.Circula ainda com chuva, já que está previsto um teto corrediço. Canais de áudio em várias línguas.

Contato

Buenos Aires Bus
Av.Roque Sáenz Peña 846 – Piso 10°, , Ciudad de Buenos Aires, Ciudad de Buenos Aires
Tel: +54 11-52395160
E-mail


Welcome Argentina - O que fazer em Cidade de Buenos Aires?

© 2003-2019 Proibida sua reprodução total ou parcial. Derechos de Autor 675246 Ley 11723