Um pouco de Jazz em Palermo

Quinze recantos gastronômicos no bairro de Palermo oferecem aos seus clientes a possibilidade de jantar com a companhia de muito bom jazz ao vivo. Uma boa idéia que promete inserir e ficar para ambientar cada noite da semana portenha.
Desde setembro de 2003, diversas bandas de jazz circulam tocando em bares e restaurantes de Palermo Viejo. Esse empreendimento ideado pelo músico Gustavo Firmenich e promovido pelo Governo da Cidade Autónoma de Buenos Aires funciona com o nome de “La ruta del jazz” (“A rota do jazz”).

Assim como o tango tem o seu próprio lugar nessa cidade, a rota do jazz nasceu como um complemento para ser ouvido e vivido por turistas e habitantes de Buenos Aires. Já desde alguns anos, Palermo Viejo está de moda: desenhadores de indumentária, decoradores, arquitetos e um grande número de restaurantes, bares e espaços de espairecimento noturno tem dado vida a esse conhecido bairro portenho.

A grande maioria dos lugares que agrupa essa rota do jazz, está concentrado num rádio de dez cuadras, oferecendo um leque de estilos e tendências.

Os diferentes grupos vão rotando, fazendo que cada noite seja diferente às anteriores, tratando desse jeito de que os espectáculos sejam o mais homogéneos possível.
  • Jazz Club - Lucas Cutaia

    Jazz Club - Lucas Cutaia

  • Guatemala 4328

    Guatemala 4328

  • Circuito de jazz local

    Circuito de jazz local

  • Um dos melhores locais de jazz do mundo

    Um dos melhores locais de jazz do mundo

Os preços são muito módicos e, ainda que não pretende converter o jazz num gênero massivo, é possível fazer dele um estilo popular, no que os espectadores não tenham que ser entendidos para poder passar uma noite diferente.

A minha experiência em Las cortaderas –Charcas 3647– foi muito distendida: uma quinta depois das 22, janta por médio, com a luzes baixas das velas em cada mesa e uns amigos exemplificam essa nova “movida” noturna.

Mais lá do acompanhamento musical, foi um verdadeiro espetáculo para os olhos. Um sem-fim de instrumentos circulavam num pequeno palco. O brilho dourado dos instrumentos de vento, acompanhado do ir e vir das cordas, fazia que um acabara de entregar ao mágico ambiente do restaurante.

Essa é uma boa opção, especialmente para as noites dos dias da semana de trabalho, já que os espetáculos começam entre as 21 e 22 hóras.

Para ter em conta:

Esses são os bares e restaurantes que pertencem à Rota do jazz:

Bar aberto: Borges 1613. Plaza Cortázar. Reservas: 54 11 4833640
Binaural – Fragance: comida mediterrânea, drinks e vinhos. Soler 4202. Reservas: 54 11 48653839
Cala bistro: cozinha francesa. Soler 4065. Reservas: 54 11 482304213
Casual: Cabrera 3877. Reservas: 54 11 48634242
El Gorriti: restaurante. Gorriti 3780. Reservas: 54 11 48628061
El taller: hambúrguers caseiras e cervejas artesanáis. Serrano esq. Honduras. Reservas: 54 11 48315501
Las cortaderas: restaurante, bar e confeitaria com elaboração artesanal. Charcas 3647. Reservas: 54 11 48252887
Los 40: bar de tapas. Costa Rica 4900. Reservas: 54 11 48337008
New people: Av. Scalabrini Ortiz 2282. Reservas: 54 11 48314428
No avestruz – Lugar común: Humboldt 1857. Reservas: 54 11 47711141
Splendid: cozinha internacional popular de Asia, Europa e América. Gorriti 5099. Reservas: 54 11 48334477
Te mataré Ramírez: Paraguay 4062. Reservas: 54 11 48319156
Thelonious bar goove & jazz club: tapas, cozinha mediterrânea e bar. Salguero 1884. Reservas: 54 11 48291562
Tiempo de gitanos: cozinha fusão, tapeos espanholes. El Salvador 5575. Reservas:54 11 47766143
Virasoro bar: tapas, drinks, woks. Guatemala 4328. Reservas: 54 11 48318918

Pablo Etchevers / Gentileza de los Bares y Restaurantes citados

Welcome Argentina - O que fazer em Cidade de Buenos Aires?

© 2003-2020 Proibida sua reprodução total ou parcial. Derechos de Autor 675246 Ley 11723