O Museu da paixão boquense

Deixamos-nos levar pelo fanatismo e o bairro de La Boca no Museo de la Pasión Boquense (Museu da Paixão Boquense), dentro do estádio de Boca Juniors. Um lugar histórico em Buenos Aires.
Todas as cores

Qualquer dia da semana, em qualquer época do ano, todos os sotaques do espanhol e todas as línguas do mundo parecem passear pelo Museu da paixão boquense. Um elemento os une, uma língua universal: a paixão pelo futebol.

Cuando ficamos perto da Bombonera (o estádio do Clube Atlético Boca Juniors) surpreenderam-nos seu aspeto tão vem cuidado e a explosão de cores que cobre-lo e que joga com os alegres choques cromáticos que tem chegado a caracterizar ao bairro de La Boca.

Visto de fora, o estádio parece quase saido da maquete que, já dentro do museu, nos mostra esse famoso bairro. Tudo está unido e não poderia separar-se: a Bombonera é parte integrada do bairro que viu nascer e ao mesmo tempo define. Desse arrabalde portuário nasceu o futebol e também a Argentina.
  • As copas que o clube tem ganhado ao longo dos anos

    As copas que o clube tem ganhado ao longo dos anos

  • Um lugar histórico

    Um lugar histórico

  • Todas as cores

    Todas as cores

  • Espectáculo audio-visual dedicado aos ídolos do clube

    Espectáculo audio-visual dedicado aos ídolos do clube

  • Roupas triunfal

    Roupas triunfal

  • Pessoas famosas

    Pessoas famosas

Mais que as cores

O percurso que permite esse Museu da Paixão Boquense é, como seu nome diz, muito mais que a possibilidade de ingressar no passado e ver as relíquias da longa trajetória esportiva do clube. Esse é o museu da paixão que significa o futebol.

Instalado dentro do prédio do estádio de futebol, esse museu (ao que acessa-se através de um giftshop no que encontramos todas as formas possíveis de azul e ouro) abre-se com um longo corredor no que podem se ver as fotografias de todos os jogadores da primeira divisão que defenderam a camiseta desde 1931. Assim começa o culto ao passado.

Ao final do corredor, dentro de uma sala com a forma de uma grande bola de futebol, podemos viver a experiência de 360 graus de sair ao estádio e pisar o gramado da Bombonera num espectáculo audio-visual único.

Povoado de cartazes nos que encontramos toda a informação sobre o clube (desde a sua fundação, os torneios ganhados, até uma línha histórica que traça em paralelo os acontecimentos do clube com os fatos da história argentina e mundial), o museu funciona muito bem incluso para aqueles que não estão familiarizados com o passado xeneize.

Tanto no nível térreo quanto no plano superior, encontramos as relíquias de Boca: as copas que o clube tem ganhado ao longo dos anos; fotografias e pinturas de velhas formações; uma coletânea que mostra o desenvolvimento da camiseta azul e ouro; e a bandeira que saiu ao estádio no primeiro jogo do clube como time profissional.

A viagem completa-se com outro espectáculo audio-visual dedicado aos ídolos do clube. Desde Maradona e Rattín até o presente nos pés de Riquelme e Palermo, os últimos grandes ídolos do clube da ribeira.

Bendita Bombonera

Depois do percurso proposto pelo museu, chegamos ao que justifica tanto andar: o presente de Boca, sua glória ainda viva, um percurso pela cancha onde cada semana acontecem jogos com os que esse clube de longa história mas mais forte do que nunca procura somar novas vitórias.

Podem se visitar as platéias do estádio. Atrás de um vidro está o gramado, quase pode se-sentir sob os pés, cheirar, imaginar durante um jogo. Esse mesmo gramado que pisam as botas de futebol.

A Bombonera, renovada não há muito tempo, apresenta uma forma um pouco irregular: o terreno disponível para a construção não permitia o desenvolvimento de um estádio tradicional. O arquiteto que desenhou soube fazer das suas limitações uma vantagem através de diferentes ângulos e administrações do espaço ideou essa construção que tem uma grande característica: desde qualquer lugar do estádio tem uma visão quase perfeita da cancha e dos jogadores.
Leia passeio completo... Marcos Rodríguez / Gentileza Museoboquense.com

Dados úteis

Horário: Todos os días, das 10 às 19 hr (a bilheteria fecha às 18)

Tipo de tour: Museu

A considerar: Inclusive para aqueles que não torcem cada domingo pelos gols da camiseta azul e ouro, vale a pena visitar esse museu. É um ponto inevitável para os fanáticos do futebol. Existe a possibilidade de realizar o denominado “Estádio Tour”, com o qual o visitante pode percorrer cada recanto do estádio e visitar espaços aos que normalmente não se tem acesso ainda quando visitar a cancha os dias de jogo.

Contato

Museo de la Pasión Boquense
Brandsen 805, , Ciudad de Buenos Aires, Ciudad de Buenos Aires
Tel: +54 11-43621100
E-mail


Welcome Argentina - O que fazer em Cidade de Buenos Aires?

© 2003-2020 Proibida sua reprodução total ou parcial. Derechos de Autor 675246 Ley 11723